sexta-feira, 29 de março de 2013

Imagens que me definem







And last, but no least:



terça-feira, 19 de março de 2013

Vizinhos

Por falar neles, é assim que os denominamos:

Há os Paulos (porque são o Paulo e a Paula). Há os trombudos do R/c. Há os gordos. Dentro dos gordos, há um sub-tema: a Rueff (porque parece uma personagem que a Rueff fez há uns tempos, gorda com óculos estranhos). Há a Carolina Salgado. Há a do cão. Há o Bárbara, com o sub-tema Pachonas, sendo estas as suas duas filhas adolescentes muito estranhas e anafadas. E há, segundo o meu óme, o pai do meu filho, que é o do 2º direito (só porque eu lhe acho uma certa graça...).

E a pergunta que se impõe é: o que seremos nós? :P

Pensamento do dia

Se eu, que vivo no 4º e último andar, ouço bater a porta da rua com toda a sua pujança, como se fosse aqui ao lado, imagino o pessoal do R/C.

Por falar nisso, às vezes apetece-me abrir a minha porta e gritar "COM A CABEÇA!!!" aos vizinhos que teimam em fechar as suas portas de casa com toda a energia que têm no corpo. Há uma coisa espectacular chamada CHAVE que se roda e permite fechar as portas, daquelas que fecham mal ou que são antigas, tipo a minha, com todo o silêncio do mundo.

É só mesmo um pensamento.


O primeiro



Apesar de estar longe, o pai recebeu um miminho para assinalar o primeiro Dia do Pai! Foi uma completa e total surpresa, bem engendrada com os meus cúmplices londrinos! Sem dúvida a recordar! 

sexta-feira, 8 de março de 2013

32

Já cá cantam 32 belas primaveras, pois que sim. Pela primeira vez na minha vidinha , fui trabalhar no meu dia de anos. Como calhou no dia em que dois colegas iam embora, fez-se um grande almoço na cave, tipo piquenique e foi um dia muito giro e muito bem passado. Muitas mensagens e telefonemas de todos os meus amigos mais queridos, uns mais presentes, outros mais ausentes, mas que nunca se esquecem e que têm um lugar especial no coração. Fica um quentinho cá dentro quando lemos aquelas mensagens ou ouvimos as vozes deles, pela primeira vez desde há muito tempo. E foi um dia especial, porque o Panino fazia 5 meses e foi o meu primeiro aniversário como mãe.



Flores do óme e do pai

 Bolo surpresa da Bubbles

Bolo de aniversário (que estava pornograficamente BOM!)


Num mês

Há um mês comecei a fazer drenagem linfática. Apareceu-me num daqueles emails com descontos e comecei a pensar se comprava ou não... Eram 29 euros em vez de 425 e eu pensei pra mim, bem, por 29 euros, vamos lá experimentar a coisa. Fui um bocadinho esperançosa que me ajudasse a repor pelo menos um pouco da barriga, estava-me um bocadinho a borrifar para o resto, até porque já está tudo mais ou menos no sítio. A barriga é que é e será sempre aquele pesadelo, especialmente para pessoas como eu, que gostam é de comer e encher o bandulhame até cair pró lado. Bom, só posso dizer que na 3ª sessão comecei a notar resultados e até o meu óme, que é não liga nada a estas coisas, me disse que estava com muito menos barriga e que se notava diferença! Para uma pessoa da espécie dele (AKA homem) tecer comentários deste calibre, é porque efectivamente alguma coisa tinha mudado. Volvido um mês, perdi 2 cm na cintura, no abdómen, na anca e nas coxas. É obra! Estou muito satisfeita com os resultados e não estava mesmo nada à espera disto. A minha barriga já não tem aquele ar de quem foi atropelada por um camião TIR, está com um aspecto MUITO mais aceitável e agora é continuar. 
Dizer também que neste mês perdi 2 kgs. Era isto.

Aconselho a quem queira perder uns bons centímetros. A rapariga que me fez estas dez sessões é fantástica e também dá muitas dicas saudáveis. Para além disso, saí sempre de lá muito mais descontraída. Muito bom, experimentem.