sexta-feira, 14 de março de 2008

Acordo Ortográfico (será que está bem escrito???)


É tudo muito bonito sermos cinquenta milhões a falar a língua portuguesa bla bla bla.... mas há coisas que me tiraram do sério ontem quando vi uma reportagem num dos telejornais da noite.....

Estes até se entendem, não se lêem, (são surdos-mudos como dizia a outra hoje) ok tudo bem. Faz confusão visualmente, mas faz algum sentido:

Actual passa a atual

Óptimo passa a ótimo

Húmido passa a Úmido

Não acho normal é certas e determinadas situações como por exemplo:

Cágado sem acento?? É cagado! Meu Deus, faz algum sentido? Tem algum jeito?? "Ah comprei um cagado para o meu filho"....

Mini-saia passa a minissaia???

Há-de passa hade....

Vêem passa a Veem

Caem acentos agudos e circunflexos. Caem Hífens. O Camões e o Pessoa se não estivessem mortos, morriam do coração!

Eu sou uma freak do português, ODEIO erros, passo-me!!! Por isso, estou a bater mal com estas novas alterações, parece-me tudo mal escrito! Uma pessoa tem que se habituar (ou abituar) a muita coisa, mas isto vai ser complicado.... Não vou ser uma resistente como é óbvio (ou óvio), mas vai ser muito difícil habituar-me (ou abituar-me) a ler e a escrever assim... Mas isso sou eu.

Para dúvidas é aqui

2 comentários:

Suz disse...

Eu já sou cota, já passei dos 30, vou continuar a escrever como me ensinou a professora Clementina na escola primária!!

E tenho dito!

Piri disse...

E Homem deixa de ser Homem para passar a ser Omem ou continua a ser Homem? 'Tou' confuso!... É que Omem fica demasiado parecido com o título de uma trilogia de terror dos anos 70 e não sei se queremos isso...
Não sei se "orgulhosamente só" ou não vou continuar a escrever da forma que aprendi, mas que me custa embarcar num acordo a reboque de outros países isso custa.
Se preferem outras formas de escrever porque não passam a aprender "Brasileiro" e deixam-nos no nosso cantinho a ler e escrever Português? Honestamente não compreendo.
Evolução da língua é uma coisa, adaptação por arrasto é outra bem diferente.