quarta-feira, 25 de julho de 2007

Nos transportes públicos

O que fariam se quando entrassem no comboio, às 08h50 da manhã e houvessem 40.000 lugares para se sentarem e feitos tóinos se fossem sentar ao lado de uma senhora que está descalça e que apresenta o seu belo presunto em cima do banco da frente? Faziam como eu? Sentavam-se. Olhavam. Mudavam de lugar... A senhora entretanto deve ter percebido que não estava em casa e retirou o pézinho e colocou-o onde deveria sempre ter estado. Bonito e chiquíssimo.

Outra coisa bonita é: quando a pessoa que está à vossa frente no metropolitano de Lisboa enfia os seus dedos grossos e sapudos na sua boca cheia de bolachas e começa, como se estivesse sentada confortavelmente em sua casa, a retirar os restos mortais das mesmas, das gengivas e dps tira o dedo da boca, olha e volta a por na boca. No mínimo vomitante.

Carris: estou mt bem sentada, na minha vidinha ao meu lado vai um senhor em pé, com o seu rabo gigante virado para mim... Ok, basta olhar na direcção oposta e pronto, já passa. Mas não. De repente, um cheiro nauseabundo começa a invadir as minhas delicadas narinas... "não é possível" penso eu. Mas sim, era possível, o senhor deu um ar da sua graça... Gostaram da piada? AR da sua graça...

Eu podia continuar o dia todo, mas o pudor impede-me.

3 comentários:

Bubbles disse...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHHHH

Piri disse...

Argh!!!!!

Suz disse...

Daí que 75% dos portugueses ignoram transportes:

http://www.destak.pt/artigos.php?art=2464