quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Voar está cada vez mais complicado

Já repararam que nos últimos dias há sempre mais uma notícia sobre incidentes com aviões?!
Ou é a queda de aviões, aviões desviados, avarias nos aviões, avarias nas comunicações que não permitem a descolagem nem aterragem, etc, etc. É de mais!

Começo a achar que o melhor mesmo é andar a pé (e mesmo assim com muito cuidado para não tropeçar, cair e bater com a cabeça no passeio). Vejamos: andar de avião é como uma roleta russa, de carro e mota nas estradas portuguesas é uma verdadeira aventura e viajar de comboio tornou-se numa missão arriscada (os parafusos das linhas ferroviárias foram considerados pelas criancinhas um brinquedo interessante!).

A vida está difícil

4 comentários:

Suz disse...

Por um lado é o preço do low cost.

Por outro, coisas dessas acontecem todos os dias. O problema é que quando acontece um acidente mais dramático, todos os casos ganham relevância na imprensa.

Andar a pé também é perigoso, podes tropeçar e cair!

Ah se isto fosse os EUA! Estava rica com os possíveis processos em tribunal :P

Nelson disse...

Mas a pé não corremos igualmente o risco de ser atropelado por uma biciclista que vai a fugir da Quinta da Fonte, ou levar com um carro em cima com 2 fugitivos por acabarem de fazer um carjack a um carro da policia ou pior que isso... levarem com um avião em cima...

Run for the hills! :)

Panuci disse...

Concordo com o Nélson... Hoje em dia nem a pé...

PrimusBaro disse...

O drama, o horror...