quinta-feira, 11 de março de 2010

Songs in My Head

Esta era uma das músicas que acompanhava as nossas viagens quando eramos miúdas.... E perguntam vocês: "Como é que ouvias isto?". Já que perguntam, eu passo a explicar: o senhor meu pai pegou num gravador de cassetes daqueles à antiga (que já na altura era muito antigo!) e como tinha gravado o Festival da Canção (não, não me perguntem o porquê disto...), na muy saudosa VHS, pôs esta música a tocar e toca a gravá-la numa bela cassete virgem,  talvez uma Casio, quem sabe, onde viriam a figurar outras cançonetas que tal.  Diga-se de passagem que a gravação foi efectuada com o gravador bem coladinho às colunas da televisão. Um requinte. Esta música, não sei porquê, ficou-se-me. E hoje demos por nós a falar de coisas esquisitas que os nossos pais ouviam no carro e pronto, esta música saltou-me logo para o lóbulo frontal. Não fiz mal nenhum a ninguém, mas o raio música continua na minha cabeça e ainda sei algumas partes de cor. Alguém tem um antídoto para isto?

4 comentários:

Calíope disse...

Aguenta!!! Eu levei com o Ney Matogrosso NON-STOP!!!

Panuci disse...

LOOOL Todos nós temos essas experiências guardadas com mt carinho, é o que vale! Os papás não faziam por mal! :P

Calíope disse...

Já tenho aqui o "bandolero" em repeat dentro da cabeça! Só de falar disso!

Suz disse...

E havia uma versão dos Onda Choc :)