quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Somos felizes?

Uma amiga hoje falou-me de um estudo levado a cabo pelo sociólogo, psicólogo social e professor na Universidade Erasmus, em Roterdão, Ruut Veenhoven - Arquivo Mundial da Felicidade. Trata-se de um estudo efectuado à escala mundial sobre a felicidade nos diferentes países. Este estudo envolveu 2 milhões de pessoas em 80 países, incluindo Portugal. Achei curioso e quis partilhar convosco.

"As respostas às sondagens públicas reunidas em larga escala no “Arquivo Mundial da Felicidade” permitem, contudo, retirar algumas ilacções: a felicidade revela que estamos a florescer. A falta dela é um sinal de que algo está errado; as pessoas felizes são geralmente mais razoáveis e tolerantes e cidadãos mais informados; a acção é uma necesidade biológica que conduz à felicidade, pelo que o trabalho nos faz sentir bem; As pessoas felizes são trabalhadoras e têm perfil para desenvolver profissões criativas e que requerem capacidades sociais. As pessoas que estão numa relação amorosa são mais felizes do que as solteiras ou separadas, porque “somos animais de pares, programados para procurar a companhia de alguém”; e ainda, as pessoas felizes têm mais hipóteses de viver um bom casamento."
in www.ver.pt

O professor chegou a outra conclusão: felicidade em U
"O professor corrobora dos resultados de vários estudos mundiais que indicam que a curva da felicidade tem a forma de um U, fazendo da meia-idade o período mais problemático da vida: “somos mais felizes antes dos trinta e depois dos sessenta”. E porquê? Porque nessas idades temos vidas mais flexíveis que nos permitem fazer mais escolhas e mudanças, enquanto com mais de trinta temos, essencialmente, responsabilidades, compromissos e encargos."
in www.ver.pt

E Portugal?
"Portugal na média dos países felizes.
Um painel do “Arquivo Mundial da Felicidade” sobre os países mais felizes do mundo coloca Portugal na 51ª posição, num total de 95 países, com seis valores num total de dez, o que nos remete para um dos últimos da Europa. Em primeiro está a Dinamarca, com 8,2 pontos, seguida da Suiça (8,1) e Áustria (8,0). No final do ranking posiciona-se a Tanzânia, com 3,2 pontos, mas países como o Zimbabweou a Moldávia são também dos mais infelizes do mundo."
in www.ver.pt

Só nos resta mesmo é lutar pela nossa felicidade...

7 comentários:

Suz disse...

"somos mais felizes antes dos trinta e depois dos sessenta"

How nice!

Bubbles disse...

Suz, querem com isto dizer que temos ainda 30 anos na infelicidade pela frente! Very nice!!

Afinal já não quero fazer anos, mas não esqueçam os relógios!! =)

Panuci disse...

Estes estudos... A felicidade depende de tanta coisa e de tão pouca ao mesmo tempo... O ser humando é um eterno insatisfeito, há-de sempre faltar qlq coisa para completar a nossa felicidade. Chegamos ao fim das nossas vidas infelizes/miseráveis porque isto ou aquilo. Na minha ideia (e é o que acredito cada vez mais) é aproveitar o momento, ser feliz com o que temos e tudo o que vir por acréscimo é benvindo. Não vale a pena é estar sempre a chorar... Não nos leva a lado nenhum.

Suz disse...

Miss Bubbles: LOLOLOL É assim mesmo! :)

Miss Panuci: tens toda a razão. Estava a ser um pouco irónica :P

Também gostei desta parte: “somos animais de pares".

Eu que só gosto de números ímpares!

:D

***

TOPERA disse...

quer dizer:

segundo o estudo como aqui a je é solteira, nao é feliz???

Ups...vou ter de discordar, eu sou feliz, (só se a par ainda for mais feliz!!??)

Vou ter de experimentar... hum...???

Mas nao para já!!

ja vos tinha dito, que voces são todas umas gandas malucas???

se nao disse digo agora!!

MALUCAS...

PrimusBaro disse...

Não te metas nisso...

TOPERA disse...

Boa primus!!!

Vou seguir o teu conselho e nao me vou meter nisso!!

Pelo menos por agora...

Tasse BEM!!!!

BEIJOKASSSSSS AQUI DA PRINCESSSSSS...