domingo, 27 de janeiro de 2013

Odisseia (mas agora a minha) - parte II

E ainda há mais a juntar à festa, que me esqueci há bocado: como acordei tarde, mandei logo mensagem à minha mãe, que estava à minha espera às 10h. A mensagem não conseguia seguir e eu pensei logo "Merda do pacote de dados que já me foi todo ao ar, rasparta os jogos do smartphone, filha da mãe!" E depois acordei e lembrei-me que era dia de cair a mensalidade na net. Toca a ir a correr carregar o telemóvel. Abre o portátil, site da CGD, faço o pagamento, vou buscar o cartão dos códigos, abro a carteira, ai meu Deus que não está aqui, já deve andar no meio da papelada, voltei à sala, olhei à volta, voltei à carteira, já estava lá o cartão, fiz o pagamento, recebi a mensagem com o carregamento, tentei enviar o sms, continuava a não dar, desliga telemóvel, liga telemóvel, envia a mensagem, mensagem não segue, escreve nova mensagem e finalmente é entregue a puta da mensagem que nem sequer devia ter seguido, se tivesse levantado o cú da cama mais cedo. Dass.

3 comentários:

Child of The 90's disse...

As aventuras que eu não tenho... Isto de só se ter dois estado: muito adiantada e adiantada, faz com que se perca muita coisa! XD

Alebanta o cú da cama mais cedo, mlher!

Panuci disse...

Até parece que não me conheces há 300 anos... :P

Suz disse...

'Xa lá. Se o Panino tivesse ido, teria sido ainda mais stressante